19 de novembro de 2015

O Dia do Homem

Não sou daquelas pessoas que acha que um dia comemorativo deprecia todos os outros [364] dias do ano.
Gosto de dias comemorativos, dão-nos razões em barda para falar e trocar ideias sobre temas (e às vezes direitos) que por termos como garantidos, nem nos lembramos do foi preciso para os adquirir.

A mim acontece-me todos os anos, por volta do Dia da Mulher, alguém dizer-me que não percebe o porquê do dia, uma vez que não existe o Dia do Homem (não que um implique o outro).
Ah, mas existe, o meu filho (6 anos) assim que acordou disse-me logo que hoje é o Dia Internacional (não se esqueceu do "internacional") do Homem. E está num completo êxtase. Até já me disse que no Dia da Mulher me deu uma prenda (foi um desenho lindo, mas acho que ele confundiu com o Dia da Mãe)...


O Dia Internacional do Homem celebra-se desde 1999 (sim, há 16 anos, e aposto que todos os [homens] que dizem que "não acham piada a celebrar essas coisas",  hoje vão mencionar a data, e devem.). Existe para promover modelos masculinos positivos. Celebra as suas conquistas e contribuições para a sociedade. E visa promover a saúde masculina - porque eles não se preocupam tanto - e a igualdade entre os géneros.

Já agora,  vale sempre a pena, lembrar que ao longo do mês de 
Novembro são várias as iniciativas que decorrem para a prevenção do cancro da próstata.
Sobre este tema, mais informação aqui.

Homens de Portugal (e do mundo), um dia muito feliz para todos.
Para o meu pai, o meu marido e o meu filho, uma beijoca gorda e um dia em grande. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

ideias caídas das nuvens